5 dicas para receber a avaliação dos clientes da sua loja

Publicado em:
30/11/2021

Receber avaliações sobre seus produtos e serviços te ajuda a entender melhor cada parte do negócio, onde estão seus pontos fortes e pontos de melhoria. Muitos clientes não têm costume de dar feedbacks — principalmente em casos positivos. Ainda assim, essas opiniões não deixam de ser importantes para outros consumidores que estão buscando adquirir algo.


Segundo uma pesquisa realizada pela Bright Local feita em 2020, 87% das pessoas lê avaliações online sobre negócios locais. Apesar de ser um relatório norte-americano, os consumidores brasileiros não são muito diferentes. As avaliações têm um papel parecido com o dos influenciadores, as pessoas confiam nas opiniões emitidas pelos avaliadores.


Use isso ao seu favor. É importante que, antes do que qualquer outra pessoa, você saiba as críticas positivas e negativas dos clientes. São elas que vão te ajudar a entender os próximos passos do negócio. Por isso, não tenha medo e garanta que exista um canal de comunicação com objetivo principal de entender a satisfação dos clientes. 


O ideal é que o cliente avalie o negócio logo após a compra, para que a experiência ainda esteja fresca na memória. Além disso, nesse momento ele estará mais disposto a falar sua opinião. Muitas empresas enviam a avaliação por e-mail ou telefone assim que a compra é feita, por isso também é importante ter os dados do seu cliente.


Caso você tenha dúvidas de como e quando aplicar essas avaliações, separamos as dicas valiosas para que você tenha sucesso.


1) Envie comunicações de acompanhamento


É comum que os clientes recebam mensagens logo após a compra com o resumo dos produtos ou serviços adquiridos, esse pode ser o momento perfeito para pedir a avaliação. Fazendo o cadastro do consumidor no momento do pagamento, esse fluxo fica ainda mais fácil. 


O ideal é relembrar quando a compra foi feita e, se possível, o que foi comprado e então pedir a avaliação. Dessa maneira, o cliente fica contextualizado do porquê está recebendo aquela comunicação e se lembra da experiência.

2) Dê descontos por avaliações

Se o e-mail após a compra não der resultado, você pode dar benefícios para todos os clientes que responderem a avaliação. Essa é uma técnica popular usada por muitas lojas. Lembre-se que o desconto ou prêmio deve ser dado independentemente da nota dada, seja ela positiva ou negativa. 


Quando o cliente fizer a compra, avise-o sobre o benefício dado para avaliadores e incentive que ele dê a nota naquele momento ou assim que sair da loja. O e-mail ainda pode ser usado nesse caso, mas, avisando sobre o desconto com antecedência, você tem mais chances de resposta.


Crie campanhas de marketing automatizadas. Saiba como!

3) Faça ações com influenciadores


Existem influenciadores de todos os nichos, encontre o que mais se identifica com seu público-alvo e crie uma campanha. A ideia é que eles avaliem seu produto ou serviço para seus seguidores. Muitas lojas usam a permuta como forma de pagar a divulgação, já que é uma maneira mais barata e fácil de fazer a transação.


A Panificadora Tayrona, de Araraquara (SP), faz ações com influenciadores há alguns anos e a empreendedora Rose, por trás do negócio, deu algumas dicas de como ela faz ações com influenciadores da cidade. Assista.


4) Peça avaliações de clientes perdidos


Falar com clientes que não voltam há bastante tempo pode te ajudar a entender quais pontos podem ser melhorados. Pode ser mais difícil solicitar uma avaliação a esses consumidores “perdidos”, por isso, apostar também em descontos para que eles voltem e avaliem é uma boa opção.


Mesmo que as notas e opiniões sejam negativas, aproveite essas avaliações para entender onde seu negócio precisa melhorar e o que os concorrentes estão fazendo que você também pode fazer.

5) Esteja preparado para responder

Pedir avaliações envolve muitas incertezas. Além de não saber se o cliente vai responder, você também não sabe como será essa avaliação e como você precisará responder. Por isso, muitas empresas deixam algumas respostas prontas para situações de risco. A maioria dos clientes esperam uma resposta quando avaliam, principalmente se partiu de um pedido da própria empresa.


Depois de recolher algumas avaliações, periodicamente você deve ler e identificar os pontos fortes e de melhoria. Tente buscar reclamações e elogios recorrentes para começar a desenhar um plano de ação. Além disso, converse com sua equipe para tentar entender de onde esses erros estão vindo e como podem ser evitados no futuro. Mostre para eles também as críticas positivas como forma de incentivo e reconhecimento.


Uma boa dica é publicar essas avaliações positivas nas redes sociais como forma de agradecimento do cliente e da sua opinião. Um exemplo é a Smeck Modas, que repostou no Instagram algumas das melhores avaliações que recebeu. É importante que o consumidor saiba que sua resposta foi lida e considerada pelo negócio.


Barbara Bastos

Formada em Jornalismo, meu foco sempre foi em empreendedorismo  e negócios. Já trabalhei como repórter na revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios. Hoje ajudo a tirar todas as suas dúvidas relacionadas aos mais diversos temas aqui no blog da Collact.

Inscreva-se na nossa newsletter

Você também pode gostar destes posts

voltar para o blog