Home / Sem categoria / Como abrir uma sorveteria de sucesso

Como abrir uma sorveteria de sucesso

Quem não gosta de um sorvete? Além de gostoso, esse alimento é uma ótima oportunidade de negócio, visto que tem enorme aceitação nacional. Empreender nesse segmento é uma ótima opção para aqueles que desejam montar sua própria empresa e ter sucesso. Então, continue conosco para saber como abrir uma sorveteria!

O Brasil, por ser um país tropical, está com um mercado cada vez mais aberto a essa delícia. Dos artesanais aos industrializados, passando ainda pelos gourmets, existe uma forte demanda por parte daqueles que não dispensam um bom gelato depois do almoço ou no final da tarde.

Quer saber como empreender nesse ramo? Hoje vamos mostrar algumas dicas de como ter uma sorveteria de sucesso. Fique atento aos tópicos e veja o que é necessário para montar logo o seu negócio!

Mercado

Analisar o mercado de sorvetes para entender se ele é favorável ao empreendimento é o primeiro passo para quem deseja abrir uma sorveteria. Segundo matéria publicada pelo Estadão, houve um aumento no consumo de sorvetes em 80% nos últimos dez anos.

Tomando por base tal levantamento, fica óbvio que o brasileiro tem aumentado o hábito de consumir sorvetes, o que favorece a abertura de empresas neste segmento.

Porém, é preciso ficar atento às flutuações de mercado que acontecem no inverno e na demanda por tipos de sorvete que são considerados de moda, como as paletas mexicanas, por exemplo.

Faça a pesquisa nas sorveterias do local onde você pretende abrir a sua e pense numa forma de se destacar. Com um pouco de criatividade, você pode até lançar modas!

Localização

Outro ponto que deve ser levado em consideração na hora de abrir uma sorveteria de sucesso é relacionado ao ponto comercial. Como esse tipo de empreendimento demanda um alto tráfego de pessoas, o ideal é que ele esteja localizado em uma via principal do bairro.

Se isso não for possível, estabeleça o negócio perto de restaurantes, escolas, pontos de ônibus, dentre outros locais que tenham um movimento considerável durante o dia e à noite.

Uma outra opção são os quiosques em shoppings. Mais baratos que os espaços convencionais, eles são ótimas oportunidades para atrair os compradores que circulam de loja em loja. Caso opte por um desses, ainda assim vale observar pontos estratégicos como os próximos à praça de alimentação.

Documentação e outras questões legais

Seja apenas para comercializar ou também para produzir o sorvete, é necessário se atentar às questões legais para montar o empreendimento conforme as leis e normas da sua região. A seguir, listamos alguns dos procedimentos padrão necessários à formalização da sorveteria:

  • escolha do tipo de sociedade e formalização do contrato social com um advogado;
  • inscrição na prefeitura para obter o alvará de localização;
  • obtenção do CNPJ na Receita Federal;
  • registro na Junta Comercial;
  • registro na Secretaria da Fazenda;
  • registro no Sindicato Patronal.

É importante também verificar com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária quais são as determinações e boas práticas para a fabricação e o armazenamento correto do alimento. Um profissional da vigilância poderá orientar também quanto à limpeza do local e demais procedimentos de sanitarização.

Equipe de trabalho

O perfil profissional daqueles que vão trabalhar na sorveteria dependerá muito do tipo de negócio que será iniciado. Se o empreendimento for somente para a revenda, 2 profissionais podem atender bem à necessidade do estabelecimento.

Agora, se a sorveteria produzir e comercializar serão necessários, no mínimo, um gerente, um sorveteiro mestre, operadores, vendedores, caixa e um nutricionista (para ser o responsável técnico pelos alimentos).

Essa é uma ideia geral relacionada à mão de obra necessária para colocar uma sorveteria em funcionamento. A quantidade exata de profissionais vai depender de outros fatores que deverão ser analisados caso a caso, tais como: produção, revenda, venda no ponto comercial, etc.

Equipamentos

Para uma sorveteria que apenas revende produtos de terceiros, é preciso um espaço com área mínima de 35 m². Porém, é importante observar se há a possibilidade de ampliação para o caso de haver essa necessidade no futuro. Para esse tipo de empreendimento é preciso ainda:

  • mesas e cadeiras para clientes;
  • balcão de atendimento;
  • freezer armazenador;
  • freezer expositor;
  • PDV com impressora para registro de venda e emissão de cupom fiscal;
  • utensílios para armazenamento e manuseio do sorvete;
  • embalagens para servir.

Para um negócio que além de comercializar também fabrique o próprio sorvete, serão necessários outros maquinários tais como:

  • liquidificador industrial
  • batedeira industrial
  • fogão a gás semi-industrial
  • balança
  • embaladoras
  • datadoras e codificadoras de embalagens
  • freezer
  • recipientes (baldes e formas)
  • maturadores;

Ações Promocionais

Ao abrir um empreendimento é necessário dar visibilidade a ele. Por isso, no planejamento para abrir uma sorveteria é necessário pensar também nas estratégias de marketing para atrair o público e para tornar o espaço conhecido.

Pense em promoções, programas de fidelidade, ações nas redes sociais, parcerias com restaurantes, etc. Quanto maior for a projeção dada ao local, principalmente nos primeiros meses de abertura, maior será a rentabilidade e a possibilidade de fazer pequenos ajustes para melhorar ainda mais o atendimento ao público.

Investimentos financeiros iniciais

De acordo com o Sebrae, os valores necessários para abrir uma sorveteria vão depender muito do tipo de empreendimento, do ponto comercial e de outras especificidades do modelo de negócio escolhidos.

Para se ter uma ideia, ainda de acordo com essa entidade, para um espaço de 40 m² seriam necessários investimentos entre 30 e 35 mil reais. Tais valores corresponderiam à abertura da empresa, capital de giro, equipamentos diversos, mobiliário e marketing.

Para precisar com clareza quanto será necessário para abrir uma sorveteria é necessário fazer um Plano de Negócios, que nada mais é do que um documento onde todos os passos para montar o empreendimento serão descritos, com objetivos e ações.

A partir desse material, é possível ter mais clareza sobre quanto será necessário investir e quais serão as atividades que deverão ser desenvolvidas para que a sorveteria seja um sucesso!

Agora que você já sabe um pouco mais sobre esse mercado tão promissor, comece já a fazer o seu planejamento para entender quais serão as especificidades de seu empreendimento!

Ficou alguma dúvida sobre como abrir uma sorveteria? Já tem a sua loja e quer compartilhar sua experiência? Comente aqui abaixo e vamos continuar essa conversa!

Deixe um comentário

1 Comentário em "Como abrir uma sorveteria de sucesso"

Notificar de
avatar
Ordenar por:   Novos | Antigos | mais votados
Jéssica
Visitante

Muito bom, valeu por compartilhar.

wpDiscuz